sexta-feira, 12 de abril de 2013

Um sonho nada a ver


Sonhei que estava eu com um amigo estudando quando decidimos ir para um debate do DCE sobre cardápio vegetariano no bandejão. Com um pequeno detalhe: iríamos com o neto do ex-presidente Lula no colo só para causar.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Dia da cidadania - Interlúdio


Passaram-se mais de três anos desde que escrevi as últimas linhas sobre minhas desventuras no alistamento militar. Pra ser sincero, nesse interlúdio, vez ou outra eu pegava o texto e fazia diversas mudanças sutis, desde uma metáfora nova até a correção de simples erros grmaticais – as malditas vírgulas, que creio eu, achava dominar, mostraram-se feras indomáveis e traiçoeiras. Apesar do constante trabalho e retrabalho em cima da obra, uma hora acabei me cansando desta punhetagem. 

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Audiolivro Manifesto do Partido Comunista para deficientes visuais (L&PM Pocket, 2010) [DOWNLOAD]

Hoje eu compartilho com vocês o fruto de um trabalho árduo: o audiolivro para deficientes visuais do Manifesto do Partido Comunista (1848) de Marx & Engels. Seguindo muitas dicas do artigo de Ana Lúcia Gonçalves, eu, por exemplo, disse cada página do livro para permitir ao usuário fazer citações; além do mais, sempre é dito quando uma palavra  ou frase está entre aspas ou em itálico. Também está gravada a capa e contracapa do livro.

A edição escolhida foi a da L&PM editores por ser o menor exemplar que eu tenho vir seguida de Gotha - Comentários à margem do Programa do Partido Operário Alemão (1875).

Fiz este audiolivro como requisito para o curso "X Escola de Inclusão" da Universidade Federal Fluminense (UFF). É um curso muito legal pra quem quiser conhecer melhores métodos para ensinar a estudantes portadores de necessidades especiais - ou pra quem tiver curiosidade para conhecer este mundo. Todo ano tem na Pedagogia duas ou três edições.

Abaixo, dois links para download: um em formato .mp3 (compacto) e o outro em .wav (grande, mas com melhor qualidade).




Então, compartilhe este download para mais pessoas cegas possam ser incluídas no ensino superior!

Qualquer crítica, sugestão, etc, será muito bem vinda!

Mais informações sobre o curso "Escola de Inclusão, neste link.

E prometo que ainda vou postar um novo conto. Penso em terminar "Dia da Cidadania". Só me resta-me o gramour

Inté!


Diego A Sodré.


quinta-feira, 8 de setembro de 2011

(sem título)

Estou presa. Porém, a pena durará somente 1 hora. Do posto 13 até o centro de Nova Iguaçu, deu tempo pra ler um pouco daquele artigo que eu sempre deixava pra depois. 1 ponto antes do meu, fui até a cabine do motorista jogar conversa fora, estilo esses barzinhos furreca. Antes de chegar, uma freada brusca; o piloto quase atropelou um motoqueiro que furara o sinal.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Corpos dóceis

Bookmark and Share


Numa esbelta manhã de 2011, um jovem ousado saía de casa para agir de acordo com seus princípios. Na academia, o rapaz, ainda 20 kg acima do peso, fazia diversos exercícios, desde esteira até leg press. Segundo suas convicções, um mundo melhor era um mundo com pessoas mais belas, que parecessem com estátuas helênicas. Há quase dois anos, ele fez sempre a sua parte, mesmo ainda estando longe de suas utopias, já que ainda era gordo e nem tão musculoso. Mas uma situação completamente nova abalou seus alicerces.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

[OFF] Cut Here por Psychedelickk

Bookmark and Share

Há muito tempo que eu não posto nada nesta sessão "OFF" por minhas pendências com a faculdade. Porém, com o caos que reina na cidade do Rio de Janeiro estes dias, resolvi matar as aulas de hoje para estudar. Como vocês podem ver, não estou estudando (ainda).

Mas vamos ao que interessa. Lembrando de um vídeo que eu vi há alguns dias atrás, quero compartilhá-lo com vocês. É um cover da música Cut Here, do The Cure, feito por uma moça com o nickname Psychedelickk.

Aqui tem a versão original da banda e a versão acústica dela também. Agora, compare (de preferência a versão acústica) com a versão da garota:



Na minha humilde opinião de músico amador, a versão dela é muito melhor! E pra você?

sábado, 20 de novembro de 2010

João e Maria perdidos na Antropologia Estrutural

Bookmark and Share

Neste pequeno trabalho, terei o exaustivo, porém gratificante, desafio de fazer uma análise estrutural do conto João e Maria, dos Irmãos Grimm. Assim como eles [as crianças], sinto-me perdido nesta floresta teórica chamada “Antropologia Estrutural”; mas, assim como o João, eu entrei nela com pedrinhas no bolso.